quinta-feira, 5 de fevereiro de 2009

Desabafo da Mulher Moderna

São 6 horas.
O despertador canta de galo e eu não tenho forças nem de atirá-lo contra a parede. Estou tão cansada, não queria ter que trabalhar hoje. Quero ficar em casa, cozinhando, ouvindo música, cantarolando, até.
Se tivesse cachorro, passeando pelas redondezas. Aquário? Olhando os peixinhos nadarem. Espaço? Fazendo alongamento. Leite condensado? Brigadeiro...
Tudo menos sair da cama, engatar um primeira e colocar o cérebro para funcionar. Gostaria de saber quem foi a mentecapta, a matriz das feministas que teve a infeliz idéia de reivindicar direitos à mulher e por quê ela fez isso conosco que nascemos depois dela. Estava tudo tão bom nos tempos das nossas avós, elas passavam o dia a bordar, trocar receitas com as amigas, ensinando-se mutuamente segredos de molhos temperos, de remédios caseiros, lendo bons livros das bibliotecas, dos maridos, decorando a casa, podando árvores, plantando flores, colhendo legumes das hortas, educando as crianças, freqüentando saraus, a vida era um grande curso de artesanato, medicina alternativa e culinária.
Aí vem uma "fulaninha" qualquer, que não gostava de sutiã nem tampouco de espartilho, e contamina as várias outras rebeldes inconseqüentes com idéias mirabolantes sobre "vamos conquistar nosso espaço". Que espaço,minha filha???!!!!! Você já tinha a casa inteira, o bairro todo, o mundo aos seus pés. Detinha o domínio completo sobre os homens, eles dependiam de vc para comer, vestir, e se exibir para os amigos, que raio de direitos requerer? Agora eles estão aí, todos confusos, não sabem mais que papéis desempenhar na sociedade, fugindo de nós como o diabo foge da cruz. Essa brincadeira de vcs acabou é nos enchendo deveres, isso sim. E nos lançando no calabouço da solteirice aguda. Antigamente, os casamentos duravam para sempre, tripla jornada era coisa do Bernard do vôlei - e olhe lá, porque na época não existia Bernard do vôlei. Por quê, me digam por quê, um sexo que tinha tudo do bom e do melhor, que só precisava ser frágil, foi se meter a competir com o macharedo?
Olha o tamanho do bíceps deles, e olha o tamanho do nosso.
Tava na cara que isso não ia dar certo!!! Não agüento mais ser obrigada ao ritual diário de fazer escova, maquiar, passar hidratantes, escolher que roupa vestir, e que sapatos, acessórios usar. Que perfume combina com meu humor, nem ter que sair correndo. Ficar engarrafada, correr risco de ser assaltada, de morrer atropelada, passar o dia reta na frente do computador, resolvendo problemas. Somos fiscalizadas e cobradas por nós mesmas a estar sempre em forma, sem estrias, depiladas, sorridentes, cheirosas, unhas feitas, sem falar no currículo impecável, recheado de mestrados, doutorados, pós-doutorados e especializações (uffffffffffffffff!!!!!)...
Viramos super mulheres, continuamos a ganhar menos que eles, lavar, passar, cozinhar e cuidar dos filhos da mesma forma. E ainda temos que dividir as despesas da casa. Não era muito melhor ter ficado fazendo tricô na cadeira de balanço? Chega, eu quero alguém que pague as minhas contas, abra a porta para eu passar, puxe a cadeira para eu sentar, me mande flores com cartões cheios de poesia, faça serenatas na minha janela (ai meu Deus, já são 6:30,tenho que levantar!), e tem mais, que chegue do trabalho, sente no meu sofá, e diga "meu bem, me traz uma dose de café, por favor?" Descobri que nasci para servir. Vcs pensam que eu tô ironizando???? Tô falando sério!!!!!! Estou abdicando do meu posto de mulher moderna...
(Autora Desconhecida)
Copie o texto do orkut, como estava, com abreviações e tudo mais.

10 comentários:

Culpada! Como qualquer mortal... disse...

hauahauahaa
vc sabe minha opinião sobre isso msm assim eu vou comentar.

os casamentos duravam para sempre pq mulher separada era o msm que ser prostituta, e os maridos não eram sempre esse macho alfa super protetor que servia para pagar todas as contas, de fato uma boa parte deles achava que sexo com a mulher era somente para a procriação e para fantasias sexuais existiam as meretrizes

a mulher não precisava pensar, era um bibelô, um móvel da casa, uma babá 24 horas por dia, pois o macho alfa nào precisava trocar fraldas, apenas pagar por elas.

me desculpem mas eu prefiro um milhão de vezes a vida de super-mulher atual onde podemos ser seres pensantes e poder mandar homens que nào prestam a merda sem sermos mal vistas por isso
e ao mandá-lo a merda nào ficamos na rua da amargura pq temos como arranjar nosso próprio sustento

e assim como evoluimos eles tb tiveram que se adaptar a essa nova realidade embora ainda existam bibelôs e"machões" por ai que graças a deus não fazem parte da minha realidade :D

resumindo, assim como as feministas criaram uma utopia sobre os direitos da mulher, as mulheres modernas cansadas da modernisse estão fazendo utopia em torno da vida das nossas avós que diga-se de passagem não foi nada fácil.

Grazi disse...

uhauihauihauia
eu te amo sabia?!
um dia a gente ainda vai brigar de verdade por causa dessa historia.
mas eh diferente qdo se tem dois apartamentos no seu nome e uma vida boa garantida
e quando não se tem nada (eu)
hauihaia

mas msm assim eu te gosto :**

Leti disse...

quando eu li o primeiro comentário tive certeza que era da Kah!!
mas quer saber?
as vezes a gente cansa... "mas eu prefiro um milhão de vezes a vida de super-mulher atual onde podemos ser seres pensantes..."

e Grazi... eu sempre leio ta!! hehehe

Kerou disse...

Esse texto é muito bom... principalmente a hora que toca o despertador e eu confesso que penso a mesma coisa toodo santo dia hahahah
melhor que o texto são as discussões que isso pode render hehe

beijokas grazi... tava sentindo sua falta no bloguitcho viu?

Rafaela disse...

É... Esse texto é bem legal!
Apesar da discussão, confesso que queria era ser dondoca! hahahhaha...

Beijos!

Culpada! Como qualquer mortal... disse...

eu nao queria ser dependente de marido nem q fosse paga pra isso.

jah chega ter q pedir dinheiro pro meu pai, deus me livre

ai no caso de um divórcio fudido a dondoquice fica aonde?lalalaala


e tb te gosto menina q soh vê o lado útil da história. ahauaha

Diego disse...

Pow mas veja bem, ao menos agora o Negão (Barack Obama) assinou pra vocês talvez ganharem a mesma coisa que nós. Homens, machos, mitos fodões! :)

E isso não é lindo? :P

Nikky disse...

JURO, que um dia já pensei assim... kkkk
Me acabei de rir relembrando desse meu tempo.

Mari disse...

Hahahahahaha, vou te falar...as vezes eu penso assim. Agora temos que fazer o que eles fazem e o que as mulheres sempre fizeram. Haja tempo e disposição para isso!

Tem desafio para vc no meu blog.
Bjs.

Tássia Cavalcante disse...

Gente, adorei o texto. Dá pra pensar né? Eu acho que agora a gnt deveria reinvidicar nossos direitos nas empresas. Auxílio-escova, bolsa-manicure/pedicure, vale-maquiagem etc hauhahaa

Beijoo!

Postar um comentário