terça-feira, 10 de maio de 2011

E se fosse a sua pele?

Hélou, suas lindas! Segue mais um post da amiga Ka, revoltada com o uso de peles. E quem não fica? Besitos.

Faz dias que estou querendo fazer um post sobre isso, mas a preguiça não deixava, no entanto hoje me animei novamente após ver a reportagem que a veja fez sobre o assunto.

Fiquei feliz ao ler que os protestos através do facebook e twitter colaboraram para tirar das prateleiras os produtos feitos com pele natural, da marca Arezzo.

Acho um absurdo que em pleno século 21, com todas as peles sintéticas ótimas que temos, ainda haja gente fútil que mate bichinhos indefesos e muitas vezes em processo de extincão pra suprir a vaidade de uns poucos que podem pagar por esse "cadáver de vestir".

As defesas pra isso, são as piores possíveis, como por exemplo: "as peles são autenticadas pelo IBAMA." Se isso realmente for verdade, eu perdi completamente o respeito pelo IBAMA, que supostamente devia proteger os animais ao invés de colaborar com esse comércio desnecessário e rídiculo.

Outra coisa que li na mesma reportagem: "vinte anos atrás todo mundo tinha um casaco de pele, e hoje fazem esse alarde."

Ok realmente nos anos 80 era díficil achar uma mulher que não tivesse um casacão de pele no armário, no entanto eu duvido que 2% delas ou das lojas que os vendiam sabiam exatamente como eles eram feitos.

Eu mesma, confesso que minha mãe tem um e eu adorava deitar em cima dele quando era pequena, parecia que eu estava deitando no paraíso e na minha inocência de criança, eu acreditava que casacos de pele eram feitos como casacos de lã, ou seja: o pelo do bicho saía, mas SÓ isso. Quando eu soube a verdade fiquei revoltada, assim como minha mãe, que se usou 3x o casaco foi muito.

Moro no Sul e mesmo assim foi dificil achar um evento social em que a temperatura estivesse tão gelada para usá-lo, sem contar que é grande e pesado, não dá pra usar a toa. Cuidar de peles naturais tb exigem serviço, pois mofam com facilidade.

Agora me diz, vale a pena mesmo matar um animal pra isso? Precisamos mesmo de peles naturais com todos os materias disponiveis pra roupas que temos? Hoje não consigo olhar pro dito casaco sem pensar nos bichinhos fofinhos que foram mortos para fazê-lo, embora realmente seja uma delíciaaaa de vestir, eu confesso.

Mais uma tática de defesa dos a favor da "pelemania" é dizer que consumir carne e fazer sapatos de couro dá na mesma que usar peles. Confesso tb que eu já cai nessa idéia, mas pensei melhor sobre, e cheguei a seguinte conclusão:

NÃO É A MESMA COISA, PORRA NENHUMA!

Pelos seguintes motivos:

1- Vegetarianos que me desculpem mas está comprovado que não existe alimento que substitua a quantidade de proteinas encontrada da carne. Ou seja nós PRECISAMOS COMER carne.

2-Bois e vacas não são esfolados vivos, para que se tornem alimento e o couro dos sapatos provém do mesmo animal que serviu como carne para nosso consumo. É muito diferente de matar uns 300 animais de 1kg pra fazer uma roupa para o consumo de uma população ínfima com dinheiro para pagar isso.

3- Ainda não temos um material com a qualidade e durabilidade do couro para substitui-lo na confecção de sapatos. Temos inúmeros materiais para substituir o uso de peles para confecção de roupas ou seja peles só eram alternativa ÚNICA no tempo das cavernas.

4- Bois e vacas NÃO CORREM O RISCO DE EXTINCÃO, diferente de ínumeros animais que perdem suas vidas de forma cruel para vestir peruas, como os filhotes de foca, que nem tem a chance de se tornarem adultos, pq ao crescerem perdem a cor branca, tão desejada.

E como uma amiga minha disse, temos estampas de animais em tecidos, não é o suficiente? Se podemos nos aquecer e nos embelezar com peles sem agredir animais, porque ainda existe gente que vive disso?

Sei que o texto ficou enorme, mas eu precisava colocar todos os pontos da questão.

A favor, contra, imparcial? Speak up!

O que mais me intriga é como, nessas alturas do campeonato, a Arezzo faz uma ~cagada~ dessas. Gente, será que ninguem da marca pensou que isso poderia dar problema? #FAIL

2 comentários:

Karine disse...

nhoim que lindo!!!

detalhe que não é soh a Arezzo.

vi muita gente dizendo que pele é fashion.
VSF! heuehe

bjos amizita!

Poly disse...

"..dizer que consumir carne e fazer sapatos de couro dá na mesma que usar peles...NÃO É A MESMA COISA, PORRA NENHUMA!"
Concordo plenamente, a pessoa que pensa assim, nao crê que o mundo e principalmente atitudes como essas sejam proibidas e PUNIDAS!

Outra coisa, como a Grazi falou, nao entendo MESMO como a arezzo foi dar uma mancada dessas!! Falo dela, porque foi o 'motivo' das mobilizações via redes sociais, que mais uma vez mostrou o quao forte é hoje em dia!

Enfim, concordo mesmo com todo o post! Ficou excelente!!!
parabens kah!

Beijaaao meninas!

Postar um comentário